Poesia VisuaLatnemirepxE aiseoP

Poesia VisuaLatnemirepxE aiseoP







domingo, 30 de maio de 2010

lágriamas pretas


m
as
uma vez
se redimiu
olhando este
estranho rosto no
espelho procurando
algum traço familiar
algum que fizesse...
quando no vazio dos
seus olhos verdes
emergiu uma negra
solitária
lágri
ma
..
.



Silvio Prado

4 comentários:

Kenia Cris disse...

Se a lágrima foi o único traço familiar que encontrou, talvez seja hora de abandonar o espelho, fechar os olhos e procurar um pouco mais da vida dentro de si mesmo.


Beijo sempre carinhoso pra vc, Sílvio. =*

Em@ disse...

Concordo com a Kenia, e a lágrima é preta porque borrou a pintura. ;)
mas ficou bonita a mancha gráfica.
beijo

LunETta disse...

Olá Kenia e Em@, concordo com vocês, este poema foi uns dos primeiros que eu fiz, inicio da minha adolecencia uma fase bastante romantica, mais tarde revendo o poema procurei direciona-lo a uma terceira pessoa inspirado na musica "Lágrimas pretas" da Pitty; (qual mulher que não chorou pelo menos uma vez em frente de um espleho borrando a maquiagem? rs)

abçs

Diogo Figueiredo disse...

achei super interessante seu blog e o estilo de texto me atrai muito. parabéns! ja estou seguindo
gostaria que te apresentar o meu, o qual criei recentemente
http://alem-da-pele.blogspot.com/
abraços e sucesso